Voltei gente (se ainda estiver alguém aí rs)!
Fiquei quase dois meses fora daqui e um pouco afastada da internet no geral por alguns motivos. Mas sinto tanta falta do blog e de acompanhar outros blogs, que mesmo que seja aos pouquinhos, vou tentar voltar 😊

Como tô meio enferrujada com as resenhas, resolvi (re)começar por um post de uns wallpapers lindinhos da Sailor Moon, espero que gostem 💗



Como é a semana de estreia de A Bela e A Fera, resolvi responder essa TAG que foi criada pela Melina Souza (veja aqui). 


1. Bela: um livro com a capa e com a história bonita



Suzy e as águas-vivas - Ali Benjamin (Resenha)


Eu adoro a arte e as cores dessa capa <3 E mesmo sendo um livro voltado para um público mais jovem, eu me emocionei muito com a história de Suzy, que trata de amizade, perda, auto-conhecimento e superação. Recomendo a leitura!




Capa do livro The Heart of Betrayal, publicado pela Darkside Books


Autora: Mary E. Pearson
Número de Páginas: 402
Editora: Darkside Books
Idioma: Português
Tradução: Ana Death Duarte





Essa resenha contém SPOILERS de The Kiss Of Deception (resenha aqui)


Sinopse: Em The Heart of Betrayal — Crônicas de Amor e Ódio v.2, Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de Venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela.
Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentiram. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade ainda habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, desconstroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperada com eles. Lutando com sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família... e seu próprio destino.



A Andréia do Petit Andy me indicou para essa tag Tô respondendo super atrasada, desculpa :(
8 coisas para fazer antes de morrer

1 - Aprender outros idiomas além do inglês
2 - Conhecer o Japão
3 - Viajar bastante
4 - Escrever um livro (nunca tinha cogitado isso, mas ultimamente estou com vontade de criar uma história)
5 - Fazer uma tatuagem
6 - Cortar o cabelo bem curtinho (mais do que já cortei)
7 - Aprender a andar de bicicleta
8 - Ter um gato


Categorias:

3% (Filmow)

    Tinha ficado curiosa com essa série pela temática bem diferente do que costumamos encontrar em produções brasileiras e por ser produzida pelo Netflix, mas acabei não gostando. 
    Achei que ela é uma mistura de várias distopias que estão famosas no momento, mas isso nem foi meu problema principal, já que no geral essas histórias guardam muita semelhança entre si. A primeira grande falha, para mim, foi a falta de propaganda e divulgação da vida no Maralto. Eu acho que se você quer convencer alguém de que uma coisa é boa, tem que fazer muita propaganda nesse sentido. Ninguém sabia quem tinha passado ou não no Processo e o que acontecia depois disso. Eu pensaria que talvez esse Processo pudesse ter finalidades bem diversas das que eram divulgadas e poderia, por exemplo, ser uma forma de eliminar uma parte da população, já que o mundo estava em crise.
    Também não gostei nada das atuações, com exceção de algumas poucas. Talvez a culpa maior fosse do roteiro e das falas forçadas. Teve um dia que eu estava assistindo e minha irmã me perguntou por que eu estava vendo Malhação. 
    E por fim, os testes do processo não me convenceram nem um pouco. Tudo parecia uma grande entrevista de emprego com dinâmica em grupo e acho que para escolher as pessoas mais fodas da população, ia precisar de alguma coisa além disso. 

Jantar Secreto


Número de Páginas: 360
Editora: Companhia Das Letras
Autor: Raphael Montes






E eis que eu resolvi me aventurar de novo em um livro do Raphael Montes mesmo prometendo a mim mesma que não faria isso após as experiências não tão boas que tive anteriormente (minha opinião, a maioria das pessoas adora os livros dele). Mas como minha curiosidade é maior que tudo, principalmente se tratando de temas polêmicos, não resisti. 



Número de Páginas: 272
Editora: Record
Idioma: Português
Autor: Katherine Mansfield
Tradução: Mônica Maia
Seleção de Textos: Flora Pinheiro

Livro recebido em parceria com o Grupo Editorial Record
Sou uma leitora novata quando se trata de contos, mas estou tentando mudar isso de uns tempos pra cá. Eu não sei o quanto Katherine Mansfield é famosa, mas eu não a conhecia e fiquei bem curiosa por ver uma opinião positiva da Virginia Woolf sobre sua obra. Não que eu já tenha lido Virginia Woolf também, mas sei de sua importância na Literatura e o quanto ela é querida por muitos leitores.