Leituras do Mês: Julho (2017)

by - agosto 04, 2017


Finalmente estou conseguindo retomar minhas leituras e as postagens no blog. Acho que já deve fazer quase um ano desde que eu fiz a última postagem sobre minhas leituras mensais e não sei o porquê, já que é uma das que mais gosto de escrever. Nem sempre (ultimamente quase nunca) consigo escrever resenhas sobre os livros lidos, então essa é uma forma de eu pelo menos comentar um pouquinho sobre eles. 


1 - Vocação Para o Mal - Robert Galbraith

Sinopse: Quando um misterioso pacote é entregue a Robin Ellacott, ela fica horrorizada ao descobrir que contém a perna decepada de uma mulher. Seu chefe, o detetive particular Cormoran Strike, fica menos surpreso, mas não menos alarmado. Há quatro pessoas de seu passado que ele acredita que poderiam ser responsáveis por tal crime – e Strike sabe que qualquer uma delas seria capaz de tamanha brutalidade. Com a polícia focada no suspeito que Strike tem cada vez mais certeza de que não é o criminoso, ele e Robin põem as mãos à obra e mergulham no mundo sombrio e distorcido dos outros três homens. Entretanto, quanto mais acontecimentos horrendos acontecem, mais o tempo se esgota para ambos.

Terceiro volume dá série do detetive Cormoran Strike. E também bem decepcionante para mim. Estava com altas expectativas por ter gostado dos outros dois e por ouvir falar que era o melhor da série, mas gostei de poucas coisas. 

Apesar de ter achado os dois anteriores bons, fico pensando o quando o fato de terem sido escrito pela J. K. Rowling influenciou na minha opinião. Eu já tinha encontrado defeitos, mas os dois outros mistérios foram bem interessantes, fazendo com que as partes ruins não fossem tão perceptíveis. Outro ponto positivo pra mim foi que a autora não focou só no mistério em si, a vida dos personagens também era abordada e desenvolvida. 

Em Vocação Para o Mal, não temos exatamente alguém contratando Strike para solucionar um crime. Ele é envolvido no que está acontecendo por conta do seu passado e passa a investigar três potenciais suspeitos que marcaram a sua vida. Porém, achei que a parte investigativa foi quase inexistente. Grande parte do tempo o detetive ficava relembrando seu passado e remoendo antigas mágoas, sendo bem tendencioso em quem ele considerava o principal suspeito. Por termos contato praticamente só com lembranças, demorei bastante pra conseguir ter um perfil bem delimitado dos três na minha cabeça e passei um bom tempo confundindo a história de dois deles. 

O livro também foca bastante na vida pessoa de Strike e Robin, sua assistente, mas dessa vez isso não me agradou muito. Não houve um desenvolvimento dos personagens como antes e a maior parte da história foi marcada por discussões bestas e caras feias. Fora uma coisa que começou a acontecer do meio para o final do livro e para mim não cabia de jeito nenhum, achei bem forçado. 
Ainda não sei se vou continuar acompanhando a série. 

-----❤❤❤-----

2 - Nossas Noites - Kent Haruf

Sinopse: Em Holt, no Colorado, Addie Moore faz uma visita inesperada a seu vizinho, Louis Waters. Viúvos e septuagenários, os dois lidam diariamente com noites solitárias em suas grandes casas vazias. Addie propõe a Louis que ele passe a fazer companhia a ela ao cair da tarde para ter alguém com quem conversar antes de dormir. Embora surpreso com a iniciativa, Louis aceita o convite. Os vizinhos, no entanto, estranham a movimentação da rua, e não demoram a surgir boatos maldosos pela cidade. Aos poucos, os dois percebem que manter essa relação peculiar talvez não seja tão simples quanto parecia. Neste aclamado romance, Kent Haruf retrata com ternura e delicadeza o envelhecimento, as segundas chances e a emoção de redescobrir os pequenos prazeres da vida — que pode surpreender e ganhar um novo sentido mesmo quando parece ser tarde demais.

Recebi esse livro de cortesia do Grupo Companhia das Letras e foi uma grata surpresa. Não sabia muito o que esperar e quando li a sinopse não achei que era o tipo de livro que geralmente eu gosto. Mas ainda bem que resolvi ler. Ele realmente foge da minha zona de conforto, mas isso só deixou a leitura ainda melhor. Não vou me alongar muito nos comentários porque já fiz resenha aqui

-----❤❤❤-----

3 - Os Garotos Corvos - Maggie Stiefvater

Sinopse: Todo ano, na véspera do Dia de São Marcos,­ Blue Sargent vai com sua mãe clarividente até uma igreja abandonada para ver os espíritos daqueles que vão morrer em breve. Blue nunca consegue vê-los — até este ano, quando um garoto emerge da escuridão e fala diretamente com ela.
Seu nome é Gansey, e ela logo descobre que ele é um estudante rico da Academia Aglionby, a escola particular da cidade. Mas Blue se impôs uma regra: ficar longe dos garotos da Aglionby. Conhecidos como garotos corvos, eles só podem significar encrenca.
Gansey tem tudo — dinheiro, boa aparência, amigos leais —, mas deseja muito mais. Ele está em uma missão com outros três garotos corvos: Adam, o aluno pobre que se ressente de toda a riqueza ao seu redor; Ronan, a alma perturbada que varia da raiva ao desespero; e Noah, o observador taciturno, que percebe muitas coisas, mas fala pouco.
Desde que se entende por gente, as médiuns da família dizem a Blue que, se ela beijar seu verdadeiro amor, ele morrerá. Mas ela não acredita no amor, por isso nunca pensou que isso seria um problema. Agora, conforme sua vida se torna cada vez mais ligada ao estranho mundo dos garotos corvos, ela não tem mais tanta certeza.

Depois dessa sinopse que é quase um livro, acho que não tenho muito o que acrescentar sobre a história. E até porque fica bem mais gostoso ir descobrindo as coisas aos poucos no decorrer da leitura. E tem bastante coisa para ser descoberta! Quando peguei pra ler, sabia exatamente nada sobre a história, portanto não sabia que se tratava de magia, energia e mediunidade, temas que eu adoro!

Tive um pouco de problema com a escrita da autora e ainda estou tendo um pouco pra falar a verdade, já que comecei o segundo livro da série. Algumas frases dela soam meio esquisitas, soltas e sem sentido para mim e por vezes tenho que reler para dar algum significado para elas. Mas apesar de ainda não gostar muito, já estou mais acostumada e por estar tão interessada na história e nos personagens, estou relevando isso. Espero MUITO não me decepcionar, porque sou meio traumatizada com séries e já vi bastante gente que não gostou do último livro.

-----❤❤❤-----

4 - A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison - Enéias Tavares

Sinopse: 1911. Porto Alegre. Dirigíveis gigantescos dominam o céu. Abaixo, o vapor cinzento dos bondes, das fábricas e dos estaleiros ao redor soma-se à fumaça dos charutos, dos cachimbos e das cigarrilhas. Vozes robóticas, barulho de hélices e maquinários misturam-se ao alarido do povo. De um Zepelin, desembarca Isaías Caminha, um jornalista carioca enviado à cidade para escrever uma matéria sobre o assassino em série Antoine Louison, que há poucos dias assombrava o local com um verdadeiro show de horrores: a exposição dos órgãos de suas vítimas.
A aventura começa depois que o Dr. Louison, finalmente capturado e preso no hospício, desaparece misteriosamente de sua cela de segurança máxima sem deixar vestígios. Nesta busca pelo paradeiro do assassino, Isaías e um grupo de investigadores ainda vão topar com conhecidos do Dr. Louison, pertencentes a uma sociedade secreta de intelectuais, chamada Parthenon Místico, que estão dispostos a tudo para defendê-lo e desmascarar os criminosos.
Esses amigos de Louison são alguns aclamados personagens da literatura brasileira, em brilhante reinvenção: Rita Baiana e Pombinha, de Aluísio Azevedo, Simão Bacamarte, de Machado de Assis, Solfieri, de Álvares de Azevedo, entre outros.

Esse foi um livro que comprei meio no impulso por ter gostado da capa e que também foi uma surpresa positiva. Porém, tive bastante dificuldade na primeira parte, devido ao estilo de escrita do narrador. Digo do narrador e não do autor porque o livro é dividido entre diferentes personagens e cada um tem um estilo único de contar sua história e escrever, o que foi muito bom. É um livro nacional do gênero Steampunk, algo que é bastante raro, pelo menos que eu tenha conhecimento. E foi, não só por isso, uma história totalmente diferente de outras que eu já li. Fiz resenha aqui e recomendo bastante a leitura para quem quer se aventurar por coisas novas. 

Você também pode gostar de

0 comentários

Obrigada por comentar!