Comi cachorro-quente na rua: nem em carrinho, barraquinha ou trailer. Na verdade não costumo comer muito "na rua" porque já vivi episódios traumáticos de passar muito mal depois. Quando falo isso do cachorro-quente as pessoas me olham como se eu fosse um ET. Até ano passado eu nunca tinha tomado caldo de cana também, mas quando o pessoal do meu antigo estágio ficou sabendo eu virei o assunto do andar inteiro e levaram duas garrafas pra mim.

Toquei a campainha e saí correndo: lembro que tinha até uma comunidade no Orkut, mas eu nunca fiz isso. Eu era uma criança bem quietinha e comportada.


Colei em um prova: eu nunca tive as manhas de fazer isso e sempre achei que seria descoberta se tentasse. Eu sempre estudei bastante, mas algumas matérias da faculdade já me deixaram com vontade de colar, principalmente as que não tinham absolutamente nada a ver com meu curso e iriam me atrapalhar muito se eu tivesse que fazê-las novamente. Maaas, nunca consegui. Teve uma vez que escrevi uma única fórmula na calculadora, mas perdi a coragem e apaguei antes de começar a prova hahahaha.

Tive um gatinho: apesar de todo meu amor por eles, nunca tive um ;-; Mas ainda terei!.

Vi os filmes do Rocky: Na verdade tem muita coisa que eu não me conformo de ter assistido até hoje, mas é que minha irmã AMA esses filmes, toda hora ela tá assistindo e eu nunca parei para ver nenhum. Mas pretendo tirar um dia em breve para ver.

Fiz compras para desestressar: vejo muita gente fazendo isso, mas para mim o efeito seria totalmente o oposto. Eu não tenho paciência para fazer compras, principalmente se for para comprar roupa. Só de pensar em ter que ficar escolhendo, depois experimentar e ainda ter que fazer barra e outros ajustes porque eu sou pequena...enfim, não é uma atividade prazerosa para mim. Eu também não gosto de gastar dinheiro por impulso, então definitivamente nunca funcionaria no meu caso.

Escrevendo esse post percebi que tem tantas coisas que eu nunca fiz! Coloquei só algumas aqui para não ficar muito longo, mas decidi que preciso mudar isso na minha vida e começar a fazê-las (as boas, claro).